Home
Sistema redes
Quem somos
Artigos
Documentos Técnicos
Você participa
 
Veja também »
29/09/2010
Etanol em motores pesados para nos testes
28/09/2010
Técnicos pesquisam pneu mais resistente
23/09/2010
Ônibus híbrido tem consumo 35% menor
14/09/2010
Veículos a diesel terão aditivo contra emissões
02/09/2010
BRT prevê espera de um minuto nas estações em Manaus
25/08/2010
Recife terá ônibus com GPS
01/04/2010
Combustível mais barato
22/03/2010
Em SP, M'Boi Mirim terá faixa reversível para ônibus
12/03/2010
Vale-transporte não pode ser tributado
08/09/2010
Tecnologia auxilia o transporte coletivo

O sistema de transporte coletivo urbano de Campinas (SP) atualmente está sendo submetido a um projeto piloto de monitoramento de frota que auxilia na prestação de serviço mais qualificado aos usuários. Além disso, a tecnologia ajuda a eliminar a evasão nos valores das passagens, reduzindo os prejuízos das companhias transportadoras.

Os ônibus receberam aparelhos de GPS, os quais fazem o mapeamento das informações, que são repassadas à CIMCamp (Central Integrada de Monitoramento de Campinas), que – posteriormente – as direciona para os PMVs (Painéis de Mensagens Variáveis) localizados nos pontos de ônibus. A partir da implantação do serviço, a empresa buscar atrair mais passageiros para os coletivos da cidade.

A secretaria local credenciou cinco companhias de tecnologia que investiram R$ 4 milhões nos testes via satélite, que estão sendo realizados em 12 empresas de ônibus.

De acordo com a Emedc (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), o serviço permite o controle mais adequado das ocorrências como atrasos, trânsito, superlotação e problemas de acidentes e atos de violência. Todos os incidentes serão gravados por câmeras e enviados em tempo real para a central da companhia de transporte.

“Queremos eliminar todo o evento que faça o veículo sair de seu percurso normal e que isso se reverta em vantagens para a população”, declara Sérgio Torrecillas, secretário municipal de Transportes de Campinas.

O monitoramento , de acordo com Torrecillas, foi criado a partir de serviços solicitados e reclamados pela população. “Os passageiros buscam mais segurança, por exemplo, eles querem câmeras dentro dos ônibus. Outros querem saber os horários previstos, para organizar as suas tarefas diárias, portanto, essa tecnologia dará um ganho operacional para a frota composta de 1.300 veículos”, frisa o executivo. Segundo a Emdec, os ônibus transportam 14,9 milhões de pessoas por mês em Campinas.

Evasão de tarifas

Uma característica do sistema aplicado em Campinas ajudará na redução dos prejuízos das empresas. Como os equipamentos instalados nos ônibus farão a aferição da entrada e saída dos passageiros – além da superlotação – as fraudes financeiras poderão ser detectadas e, conforme declarou o secretário, eliminadas.

“O monitoramento tem sistemas que medem o fluxo de usuários em cada ônibus. Isso evitará fraudes nos veículos, como o não pagamento de passagens, cujo valor na maioria das vezes acaba indo para o bolso do cobrador. Essa evasão tem causado um grande impacto financeiro e gerado subsídios extras para cobrir os prejuízos”, relata Torrecillas.

Os dados das viagens serão acompanhados pela Emdec em tempo real a partir da CIMCamp. Após o período de testes – iniciado em 19 de agosto e com previsão de término no fim deste mês –, a empresa homologará as marcas habilitadas a oferecer o serviço e que poderão ser contratadas pelas concessionárias.

De acordo com a Emdec, a implantação definitiva do monitoramento à distância na frota terá início em abril de 2011 e a previsão é que toda a frota do InterCamp contará com a tecnologia até o fim de 2012.

Desenvolvido por:
NTU - Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos
© Copyright 2019 - Todos os direitos reservados. | suporte: ntumaster@ntu.org.br | Tel: 2103-9293